FEDERAÇÃO SIGMA

Federação das sociedades independentes de cyber ciência, tecnologia e engenharia, cybercultistas e tecnocráticas, da América Latina.

Institucional

Federação SIGMA, então SIGMA Co. (contração de SIGMA Collective), é uma organização supranacional, de interesse público e direito privado, estabelecido para reunir, organizar e orquestrar, em uma infraestrutura unificada, a conglomeração das sociedades independentes de cyber ciência, tecnologia e engenharia, cybercultistas e tecnocráticas, da América Latina, bem como seus recursos, bens e direitos, sob a autoridade comum e a titularidade singular da SIGMA.

Em 2020, todas as sociedades, juntas de serviço e colunas operacionais da SIGMA, incluindo seus respectivos recursos, bens e direitos, foram todos remanejados para a titularidade da SIGMA Co. No entanto, a entidade da SIGMA deu seus primeiros passos em 2013, sendo pública e oficialmente denominada SIGMA apenas em 2017. É uma história complexa de mais para contar aqui.

Da fusão da massa remanescente da dissolução de grupos de interesse especial em informação, telecomunicação, sindicação de conteúdo e processamento de dados, a SIGMA atualmente, desdobra-se em múltiplas frentes operacionais, com suas atividades científicas, educacionais, arquivistas, bibliotecárias, tecnológicas, jornalísticas, sociais, culturais, filantrópicas, financiais e políticas.

Suporte

A SIGMA Online é manutenida pela Junta De Serviço Cybernetico e pelo Serviço De Processamento De Dados, entidades difusas e abstratas, direta e indiretamente responsáveis pela infraestrutura da SIGMA, as quais também oferecem suporte a afiliados, tal como hospedagem gratuita de website para fins convergentes aos interesses e estrategias da SIGMA.

Outras composições gêmeas e cooperativas com a SIGMA se propagam pelo mundo, tais como infraestruturas de dados e operações por Singapura, Cyprus e Arizona. Também estão envolvidos na administração do sistema interligado global, seus sites e recursos, e provém suporte cybernético às atividades administrativas e logísticas da coletividade.

Oferecem principalmente suporte em telecomunicações, virtualização e automação de empreitadas e tarefas por meio de recursos de tecnologia da informação, primariamente designadas a contornar os sistemas de SIGINT das nações com supremacia cybernética e subverter medidas governamentais de censura em estados dirigidos por regimes autoritários.

Também oferecem recursos gratuitos para estudo, pesquisa e consulta sobre temas de tecnologia da informação e comunicação, economia e finanças, governança e administração pública, etc., além de fornecerem software e infraestrutura para uso gratuito para parceiros, afiliados e adeptos.

Visão

A SIGMA é uma entidade de visão tecnocrata. Advoga e promove excelência profissional, compreensão de, e competência e credibilidade em atividades de entidades do direito público ou privado. Inspira-se em viabilizar compartilhamento de conhecimento, ideias e outros recursos acerca de relações políticas públicas e/ou reservadas.

Entende-se aqui como tecnocracia um sistema de governabilidade de amplitude e ciclo completos em que o poder regente e a gestão da sociedade, em sua amplitude de aspectos, encontra-se amparado no crivo de especialistas, técnicos e cientistas, onde papéis funcionais são maiores que nomes intitulados, e suas ideias e propostas são testadas e contestadas até o esgotamento por metodologia de natureza forense.

Atividade

A SIGMA reconhece a história e os efeitos da colonização, predação, exploração e vassalagem das nações da América Latina, bem com o interesse nas máquinas governamentais nacionais de alimentar os efeitos danosos contra seu próprio público governado, e propõe informar, educar, futurizar e de outra forma contribuir para novas gerações de pessoas de alto valor para responder ao status quo da realidade continental.

Na última década, a SIGMA abriu dezenas de frentes para propor um modelo político-administrativo e social-econômico baseado nos nove princípios do mundo vindouro afim de extinguir, mitigar e responder as falhas institucionais oriundas dos atuais modelos nos países latinos e servir como um sucessor para as repúblicas ocidentais e democracias ocidentais, que por haverem sido criados para responder a eventos e realidade passadas e de uma sociedade alheia, não estavam, estão nem estarão capazes de absorver os efeitos do sectarismo em toda a origem de poder e influência das sociedades latinas.

Apoie a SIGMA

Federação das sociedades independentes de cyber ciência, tecnologia e engenharia, cybercultistas e tecnocráticas, da América Latina.

R. Ilha Dos Ayres, Ilha Dos Ayres Vila Velha, Estado Do Espírito Santo 29106-620
Monday, Tuesday, Wednesday, Thursday, Friday, Saturday, Sunday00:00 – 00:00
Auto-translate »