FEDERAÇÃO SIGMA

Federação das sociedades independentes de cyber ciência, tecnologia e engenharia, cybercultistas e tecnocráticas, da América Latina.

dPVS ou VisionFX (RenderWare)

Renderware-dpvs-vision-fx-umbra-platform-logo-sigma-sigmaco. Jpg

RenderWare dPVS, sigla para Dynamic Partitioned Visibility Solution, mais tarde renomeado para RenderWare VisionFX, foi um nome comercial da Criterion para uma API integradora do middleware Umbra à RenderWare Platform. Se trata basicamente de um wrapper com a cara da RenderWare mascarando o middleware Umbra, uma tecnologia de coligibilidade de oclusão 3D desenvolvida pela empresa finlandensa Hybrid Holding.

dPVS é uma solução utilizada na RenderWare para otimizar o processo de determinação da visibilidade. O objetivo do dPVS é determinar quais objetos e partes de objetos em um ambiente 3D são visíveis para o jogador ou câmera e quais são ocultos, para que o renderizador possa se concentrar em renderizar apenas o que é visível, economizando tempo de processamento e recursos.

O dPVS funciona dividindo o ambiente 3D em uma série de partições menores, ou células, e então usando técnicas de coligibilidade de oclusão para determinar quais objetos são visíveis em cada célula. As informações de visibilidade são armazenadas em um banco de dados de visibilidade, que é usado pelo renderizador para determinar rapidamente quais objetos e partes de objetos renderizar. Isso resulta em melhorias significativas de desempenho em comparação com os métodos tradicionais de determinação de visibilidade, especialmente em ambientes 3D complexos.

O dPVS é usado em muitos gamewares comerciais, nos quais o desempenho em tempo real é um fator crítico para melhorar as taxas de quadros e a qualidade visual geral. Apesar de integrar a RenderWare Platform, este middleware podia também foi vendido separadamente na seu tempo de licenciamento.

Request for clarification and/or more informations and resources related to content hereby treated. <[email protected]>

Responses

Auto-translate »