GTA Brasil

97 / 100

GTA Brasil é um projeto semi-concretizado de um superconjunto basto, denso e unificado de modificações feitas sob a estrutura de GTA San Andreas. Foi desenvolvido por vários grupos brasileiros de comunidades de modding de GTA, especialmente de GTA San Andreas, game este que serviu de base para a instalação de GTA Brasil e que também serviu originação de conteúdo. Esteve em desenvolvimento desde 2016, ano de sua espontânea idealização, até o ano de 2018.

História

2016

Ao que consta, GTA Brasil surgiu de uma decisão espontânea, uma aventura desencadeada, em 2016, com pouca ou nenhuma ambição por dois artistas de CAD durante um encontro numa comunidade brasileira de modding de games, especialmente de GTA San Andreas. Raphael Papini (sob o nome JOOj) e Fred Willian (sob o nome Und), os tais dois artistas de CAD que começaram este projeto, decidiram, numa condição mental muito masoquista, abrasileirar toda a atmosfera do game GTA San Andreas. Estamos falando de converter todo o cenário deste game, que se passa em uma reimaginação de parte da Califórnia (USA), na república de bananas denominada Brasil. — com S de submisso.

A princípio, o projeto GTA Brasil foi uma tímida articulação para favelizar mais tematizar as edificações do mapa de Los Santos com aspectos das edificações reais de regiões urbanas de Santos, município do estado de São Paulo, uma unidade da federação brasileira, consequentemente submetida ao regime escravocrata de Brasília. O projeto começou com Santos mas aconteceu algumas surubas no meio do caminho, e acabamos encontrando coisas… um tanto estranhas, tais como Cristo Redentor. Mas… okey… Ninguém disse que não podia ter também.

Pelo fato do projeto ter iniciado numa comunidade de modding cujo principal atrativo era exatamente o game-base (isto é GTA San Andreas) vários outros participantes livres daquela comunidade também foram se ajuntando ao que veio a ser conhecido mais tarde como Equipe GTA Brasil. Conforme a equipe de desenvolvimento inflava, inflava também as ambições de fazer mais e mais, até alcançar um status de modificação denominado “conversão total”.

Na área de modificação de games, uma conversão total é uma modificação que, em seu estado final, conseguiu descaracterizar 70% ou mais de um projeto usado de base para este primeiro. O GTA Brasil não conseguiu alcançar tal estado mas, por um logo tempo, foi assim denominado devido ao interesse pré-determinado de ter tudo que possível abrasileirado; retematizado ao sabor do Brasil, ou melhor, de São Paulo.

Esta matéria existe apenas para registrar a participação da República SIGMA no desenvolvimento do GTA Brasil, então todo o restante, antes e depois, é um resumão de 15 linhas.

2017

Em 2017, no dia 19 de setembro, Raphael Papini, sob a alcunha “JOOj”, juntou-se à República SIGMA, onde apresentou algo do que estava fazendo e logo ganhou um canal dedicado ao GTA Brasil. Não era um canal de desenvolvimento, nem de promoção, nem de… de fato, eu não sei. Era “de GTA Brasil” e é isto. Raphael foi um turista nos primeiros dias, vindo até mesmo a deixar o grupo pouco tempo depois.

Antes de prosseguir, falemos da República SIGMA. A República SIGMA foi uma sociedade (e uma milícia também) juvenil cybercultista que tinha fins que não devem vir a luz (e você não necessita de saber disso também). Era efetivamente um grupo no Discord de absolutamente nada onde tratávamos de absolutamente tudo. Cada um tem sua percepção do propósito e tratativas do grupos em relação ao que ia fazer lá, mas essencialmente sempre foi um grupo de político. Ainda que não parecesse ou ostentasse, sempre foi desde o primeiro dia.

Há uma confusão maior ainda a respeito do envolvimento da República SIGMA no desenvolvimento de GTA Brasil devido a esta praticar um outro nome durante seu início apenas como grupo no Discord. Antes, a República SIGMA era denominada (por um intervalo) Brazilian Modding Support, depois passou a ser denominada Comunidade BMS, cuja a sigla se referia ao nome anterior somada ao senso comunista de comunidade, quando começaram as divulgações abertas.

Você, leitor, já deve estar questionando no caos de seus pensamentos o porquê de ter um grupo político envolvido nisso, e o que isso tem a haver com o GTA Brasil. Não é mesmo? Pois então… Parte do GTA Brasil foi desenvolvido dentro de um grupo político. Surpreendente? Pois saiba que esta junta política foi nada-mais nada-menos que a responsável pelas características mais originais e evidentes aos olhos das massas. Estamos falando das quadras sobre o canal de drenagem pluvial de Los Santos. E o melhor disso é que parte desse mapa foi feito por pessoas que nunca modelaram na vida, pessoas recrutadas e treinadas em tempo real pelo general de divisão Raphael Papini, o brabo.

b20 gta brasil tc republica sigma sigmaco www.sigmaco.org GTA Brasil gta brasil, 2016, 2017, 2018, 2020, 2021, brasil, brasilia, california, cybercultista, discord, gta, gta san andreas, los santos, modding, multi theft auto, renderware, República SIGMA, rockstar games, santos-sp, são paulo, sigma, take two interactive, usa SIGMA Co. 🇧🇷

Você, leitor, deve estar imaginando como diabos isso aconteceu. Estamos falando de um grupo político, consequentemente com pessoas que sabem organizar pessoas em meio ao caos. A República SIGMA era um caos administrável para seus partisans, embora parecesse (e era mesmo) um campo de batalha o tempo todo para os novatos e introvertidos. A República SIGMA, por ser um grupo político, permitia que se falasse de tudo, inclusive debates sobre questões sociais ditas sensíveis, tais como religião, etc, o que, somado a pessoas de baixa idade, parecia sair do controle.

Apesar de todo este aparente caos, a República SIGMA era bem secessionada, fazendo com que houvesse grupos de pessoas que ficavam em áreas específicas do servidor e que não se envolviam nas outras áreas, ao menos não frequentemente. Ali foi criada uma força de trabalho paralela ao grupo oficial de desenvolvedores para produzir assets, principalmente CAD 2D e 3D, para o GTA Brasil. Esta força de trabalho ficou conhecida como “Conscrição”.

Um bom filho a casa retorna. Ainda naquele ano, 2017, no dia 21 de novembro, Raphael Papini regressa com um entusiasmo que parecia ter decidido fazer tudo sozinho. A partir deste dia, consideramos o início oficial da missão de ocupação da SIGMA no território de desenvolvimento do GTA Brasil, onde começaram as mobilizações para criar uma força improvisada de trabalho; a “Conscrição”.

#geral 2017/11/21 01:14
[01:14] Juliana: Voltou
[01:15] Juliana: @Furiioso
[01:15] JOOj: Voltamo
[01:15] Juliana: Agora sim.
[01:15] Juliana: Eu preservei o canal #gta-brasil
[01:16] Juliana: A alguns dias os administradores estavam discutindo sobre o futuro dele.
[01:16] JOOj: :o
[01:16] Killer_xD: um jooj de futebol europeu
[01:16] Veronica: dei os cargos
[01:17] Furiioso: Eu adoro isso "Rápido! Finjam que estão fazendo algo útil para a sociedade."
[01:17] Veronica: não sei se ta certo :v
[01:17] Juliana: Eu penso que é a mesma coisa.
[01:17] JOOj: Quem eh essas mina fake? Kkkkk
[01:17] Furiioso: É mais um caso de designação
[01:17] Furiioso: kkkkkkkk
[01:17] Killer_xD: uhaushaushasuhaus
[01:17] Veronica: @Raphael Papini :lenny:
[01:17] Killer_xD: :xd:
[01:18] Juliana: Nós somos, a Juliana Caetano
[01:18] Juliana: E a Veronica Rodriguez
[01:18] JOOj: Eu sou a Jorja
[01:18] JOOj: UI MIGAAAAAS
[01:18] Furiioso: :heart:
[01:18] JOOj: Lacrah
[01:19] Juliana: Cuidado. O servidor está um pouco quente desde o último fim de semana.
[01:19] Veronica: kkkkkkkkkkk
[01:19] JOOj: :philo~1:
[01:19] Killer_xD: :rich:
[01:19] Veronica: aquela virada foi boa

“Conscrição” é um termo usado para referir-se a uma chamada involuntária de homens para uma tarefa, normalmente militar. O nome que demos foi este pois os usuários estavam com algum tipo de receio em fazer parte da força local de desenvolvimento, principalmente alegando não ter alcançado algum tipo de nível que eles figuravam necessitar. Assim sendo, nós, os administradores do servidor, simplesmente forçamos eles a entrar. — E… Sim. A SIGMA sempre foi proto-fascista.

A necessidade de criar a Conscrição foi uma solução para contornar um problema que exista na Equipe GTA Brasil. Havia uma descentralização na equipe que criava bolhas de trabalho, que somadas às constantes brigas e instabilidades na equipe, tornou inviável unir esse pessoal — principalmente porque uma parcela considerável do time original de desenvolvimento não via de forma amistosa a SIGMA e espero que ainda odeiem-na.

Contudo, a Conscrição se mostrou uma solução melhor pois deixou todos os membros diretamente operados à orquestra de Raphael Papini e à organização assistida pela administração da SIGMA (da qual integrava Raphael Papini). Sem conflitos, as três quadras sobre o canal tiveram seu terreno preparado enquanto todos os conscritos eram convocados a modelarem casas para ocupar os espaços reservados nas quadras. Como o desenvolvimento na República era altamente transparente, pessoas que acompanhavam o desenvolvimento sugeriram até mesmo suas casas reais para que fossem modeladas, dentre outros objetos e lugares.

2018

Desde o fim do ano de 2017 aos primeiros três meses de 2018, a República SIGMA estava bastante badalada, inclusive devido aos trabalhos intensos para a realização das quadras sobre o canal de Los Santos. Havia tanta atividade nos canais de desenvolvimento que precisaram de mais canais, e foram criados mais canais. Ainda assim, canais de propósito geral passaram a ser usados para finalidades relacionadas ao GTA Brasil.

O entusiamo e o coletivismo envolvendo o ambiente de trabalho chegou a provocar até mesmo condições de racha e concorrência entre os contribuidores para ver quem contribuía em maior volume e em menor tempo com a conclusão das quadras. Chegou-se ao número de uma única semana ser necessária para a conclusão de uma quadra, isto contando com necessidades de adaptação e produção de modelos-tampão de cenário.

De abril daquele ano para frente, houve um desânimo generalizado em todos os grupos de trabalho que desenvolviam o GTA Brasil. Tal desânimo foi motivado por conflitos gerados e reverberados por entes influentes na equipe oficial de desenvolvimento. Como as forças de trabalho eram voluntárias, aquele tipo de situação era um problema. Infelizmente a República SIGMA era apenas um bloco de trabalho e estava a mercê de eventos externos, principalmente porque não controlava e nunca controlou o rumo e o futuro do GTA Brasil; apenas fazia sua contribuição livre por força de natureza em sendo uma organização cybercultista de participações livres e voluntárias.

Desde o dia 3 de julho daquele ano, Raphael Papini e Ivys Sousa tratavam do futuro do projeto. Desta tratativa, dois dias após, no dia 5, Raphael Papini apresentou, nos canais de desenvolvimento da República SIGMA, o novo servidor oficial do GTA Brasil, inteiramente dedicado ao desenvolvimento e interação com o público. Junto ao anúncio, Raphael Papini também decretou o fim do desenvolvimento na República SIGMA.

#gta-brasil-dev 2018/07/05
[17:31] Raphael Papini: CLOSED
[17:31] Raphael Papini: https://discord.gg/24NJsrc

O novo servidor Discord, exclusivamente dedicado ao GTA Brasil, foi visto como uma vantagem que o GTA Brasil teria agora, tendo mais espaço e estando livre do caos que era a República SIGMA. Conforme supracitada, a República SIGMA nunca foi um grupo de modding, gaming, ou qualquer outra coisa dessa natureza, mas uma organização política que pelo experimento social em andamento, suposta e comprovadamente permitia que se flexionasse em qualquer formato desde que os entes participantes estivessem alinhados e então integrados.

O novo ambiente começou com inevitáveis conflitos, a destacar protestos de um membro cujo nome lembra uma comida mexicana. Este membro tinha um histórico de ser problemático (e banido também) mas tinha razão em certos pontos e apresentou propostas úteis de organização. Porém, o excesso de profissionalização para responder à progressiva fragmentação da Equipe GTA Brasil continuou sendo ponto crítico da reorganização. Entretanto, a nova organização foi levada adiante.

Apesar da emancipação do GTA Brasil para seu próprio território e governo autônomo, a República SIGMA continuou a emprestar administradores ao novo ambiente de trabalho e interação do GTA Brasil. Fora também trabalhos de derrubada de vídeos no YouTube. A República SIGMA conseguiu uma representação de direitos autorais do GTA Brasil reconhecida naquele tempo por parte do YouTube com o qual usava para suspender conteúdos naquela plataforma. Foram ao menos uma dezena de requisições até o tempo do último relatório.

2020

Parecia ter acabo, mas em junho de 2020 lá íamos nós de novo. Naquele período, o projeto GTA Brasil se ramificava então no desenvolvimento de um servidor para Multi Theft Auto (MTA) baseado no mapa e conceitos do GTA Brasil. Esta ramificação ficaria conhecida como “MTA Brasil”, idealizadamente um servidor MTA oficial, agora, pois já haviam parcerias que usavam partes do mapa e outros elementos do projeto.

Em 2020, existia um servidor próprio de desenvolvimento do GTA Brasil fruto de outras quebras de braço entre forças influentes na Equipe GTA Brasil que abandonaram o servidor principal. Já deu para notar que essas manobras sempre tiveram como única finalidade o secionamento de pessoas indesejadas pelos organizadores dessas células. Mas… Não é problema nosso. Voltando lá…

O projeto MTA Brasil acabou caindo nas mãos de Pequeno, um baiano capixaba que se aventurou nessa empreitada. Logo depois, Pequeno acabou se tornando o líder de desenvolvimento. Como a Equipe GTA Brasil oficial sempre esteve a mercê dos interesses dissidentes de algumas lideranças sazonais, era comum não encontrar ajuda dentro da própria equipe. A partir desta realidade, Pequeno acabou recorrendo ao SIGMA Technology Group (Tech Group), um grupo coirmão da República SIGMA que acabou virando um ponto de encontro de membros remanescentes da República SIGMA, principalmente após a queda desta última.

No SIGMA Technology Group, ironicamente, Pequeno encontrou ajuda de outros membros da equipe GTA Brasil que estavam mais dispostos a colaborar naquele ambiente. O desenvolvimento do MTA Brasil no Tech Group durou até o desligamento do Raphael Papini da equipe oficial de desenvolvimento. Logo após, Pequeno ficou desmobilizado por não estar em posse de um computador. E também, a saída de Raphael Papini levou a saída de outras pessoas que lá estavam por companheirismo em primeiro lugar.

2021

Em 2021, não sei como está o projeto. Nem sei se existe ainda. Eu diria que é o fim definitivo das relações entre a SIGMA e o GTA Brasil, mas o Tempo é um deus cybercultista.

Homenagens

A República SIGMA e o SIGMA Technology Group prestam homenagens a todos os envolvidos e citam alguns destes na seguinte lista.

  • [REDATADO] (vulgo Canario Da Terra)
  • [REDATADO] Miguel Lima (antes Furiioso, Dybala, Poze, etc)
    O chefe delas.
  • Jonas Rodrigues (vulgo Harkness)
  • Ivys Sousa (antes Ziltronic)
    O cara que faz jus à designação “artista” de CAD.
  • Eduardo Jacobi Tasso
    O chado do grupo.
  • Douglas Biazus (vulgo DeltaHS, antes DouglasB)
    Um homem com uma chave de parafuso.
  • Lucas De Paula (vulgo Grizz)
  • João Hass
    O anarco-capitalista.
  • João Paulo (vulgo JuauHam)
  • Raphael Papini (antes JOOj)
    O general de divisão, sarrador internacional.
  • Chrystian Farias (vulgo FRS)
  • Antonio [REDATADO] (vulgo Killer_xD)
  • Taylor Nobre Albarnaz (vulgo LightVelox)
    O terror dos sonyistas.
  • Matheus De Souza Borges (vulgo “MS“, antes “msb165“)
  • [REDATADO] (vulgo Mystertv, Sr Black, MC Black, Myster Da Providência)
    O carioca colecionador de maçaricos, diretamente do Escadão Do Himalaia. — Redatado para que a polícia não chegasse até ele.
    Vídeo do dito-cujo com seus sigmanos em um diálogo trivial em ambientes da SIGMA.
  • Douglas Oliveira (vulgo zedouglinhas)
    O zé-buceta oficial da SIGMA.
  • Felipe Jardim (vulgo RetrKill0)
  • Fransley Nery (vulgo OjTrue)
    O onipresente, onisciente espião.
  • Lucas Eduardo (vulgo Takazi)
  • Alexander Ibanez Senna (vulgo HybridTheory)
    Nosso white-friend boliviano.
  • Thiago Santos Grassi (vulgo Pequeno)
    O sarrador digital.
  • Pedro Henrique Monta Ribeiro (vulgo PH, antes Tateco)
  • Cleverson Fernando Ascari (vulgo webster)
  • [REDATADO] (vulgoRushCuttle)
  • [REDATADO] (vulgoSerranita)
    Outro boliviano aleatório.
  • William Souza (vulgo Razor)
  • Rian Arcanjo (vulgo Rain)
    A gostosa aleatória do grupo.
  • Ricardo [REDATADO] (vulgo RicardoMDS)
  • Ryan Wendell [REDATADO]
    O agente do caos.
  • Victor Troquetti
    O “pixador” que finge ser grafiteiro.
  • [REDATADO] (vulgo Masked Man)
    O paradoxo entre o original e o genérico.

Deixe um comentário

SIGMA Co. 🇧🇷

SIGMA Co. 🇧🇷