diesel-power-3d-sound-engine-www.sigmaco.org

Diesel Power

78 / 100

Diesel Power é um middleware de engenharia de renderização acústica idealizado especialmente para uma melhor experiência na simulação de posicionamento tridimensional de som e percepção binaural através de som estéreo, principalmente em fones de ouvido. Esteve sendo desenvolvido desde 1997 pela AM3D, uma renomada empresa dinamarquesa desenvolvedora de tecnologia para experiências audíveis mais orgânicas.

Diesel Power foi apresentado em 2001 ao mercado, junto de todo um conjunto de componentes, incluindo Diesel Studio e Diesel Power SDK, onde alancou maior projeção através de games que foram distribuídos com uma implementação de Diesel Power. Este middleware ofereceu uma qualidade superior de percepção de posicionamentos principalmente em FPSes, mas também é bastante lembrado por estrelar em Total Overdose e Freedom Fighters.

Diesel Power foi escrito em C++ e projetado para rodar inicialmente no Windows 95/98/ME/2000/XP mas foi portado para outras plataformas também, pondo em ênfase o Diesel Power Mobile, sua edição para dispositivos portáteis. No PC, Diesel Power usa (quando possível) algoritmos que são implementados usando instruções SIMD MMX para uso mais eficiente da CPU.

Em relação a outras soluções do mercado, o diferencial do Diesel Power é o posicionamento tridimensional usando função de transferência relacionada a cabeça (HRTF), que é uma resposta que caracteriza como um ouvindo recebe um som de um ponto emissor no espaço. Os filtros de Diesel Power, com um mecanismo de cancelamento de diafonia baseado em HRTF, possibilitam a percepção duma fonte de som em qualquer direção, aprimorando (para ouvidos musicais) a sensação 3D quando equipado (principalmente) de um fone de ouvido ou outro dispositivo de som estéreo.

Diesel Studio é um editor que, usando Diesel Power, permite o posicionamento de fontes tridimensionais de som ao redor de uma entidade no espaço simulado. A princípio, o propósito era demonstrar o desempenho de áudio posicional 3D usando HRTF.

Diesel Power SDK é o SDK (óbvio) do Diesel Power.

História

2001

Diesel Power nasceu de um experimento de renderização acústica idealizado em prover uma simulação acústica mais coerente com a acústica natural. Tal experimento teve base fundamentalista nas diretrizes de uma especificação técnica de renderização e avaliação de áudio 3D denominada “Level One”, realizada, concluída e publicada em 1998 pelo Interactive Audio Special Interest Group (IASIG).

Em 2001, Diesel Power foi pioneiro em aderir com conformidade às diretrizes da especificação técnica Level One, fato que estava muito afrente do tempo principalmente devido aos conceitos tratados. Fazendo uma assimilação mais abrangente, temos também selo THX Certified Gaming, que foi uma normatização usada na década de 2000 para certificar qualidade sonora nos games. Um gamer-raiz que jogou NFS Underground 2 sabe do que estamos falando — pode não entender mais sabe.

2002

Em 2002, dia 22 de maio, foi lançada a versão 1.2.6 de Diesel Power. Uma versão beta que aproximou-se de seu maior passo final ao trazer grandes aprimoramentos, além de ter sido baseada numa versão demonstrada na GDC daquele ano.

Ainda naquele ano, em 12 de setembro, foi lançada a versão 1.2.8 de Diesel Power. Estava versão incluía optimizações (computacionalmente próximas de 25% mais eficientes) e reparos de parâmetro de latência, além da atualização do M3D, o driver do Miles. Ainda depois da atualização do M3D, outro aprimoramento foi feito, em 28 de novembro, a partir das contribuição de Jim Smith e Leon Medado, que forneceram hacks para corrigir mau funcionamento do Diesel Power em Neverwinter Nights, e Medal Of Honor: Allied Assault – Spearhead e GTA III, respectivamente.

No final do 2002, em 19 de dezembro, foi lançada a versão 1.2.10, trazendo suporte a conjunto quadrifônico de falantes, também conhecido como biestéreo e/ou 4.0.

2003

Em 2003, dia 18 de novembro, foi lançada a versão 1.2.13, trazendo muitas correções de bugs e melhoria na qualidade do processamento acústico.

2004

Em 2004, dia 4 de fevereiro, uma nova atualização do driver M3D é lançada, agora para games usando a versão 6.5 do Miles Sound System.

Participações

Entre 2001 e 2002, Diesel Power também se tornou um driver para o Miles Sound System, o que permitiu que games desenvolvidos sem o Diesel Power, pudessem usufruir deste, ainda que experimentalmente, através do Miles, aprimorando a imersão 3D. Os seguintes arquivos compõem a implementação sobre o Miles.

am3ddp.m3dArquivo M3D para games usando Miles 6.0 e 6.1
am3ddp_65.m3dArquivo M3D para games usando Miles 6.5
am3ddp_gta.m3dArquivo M3D especial para os GTA III e Vice City
DPConfig.exeConfigurador do Diesel Power
dpconfig.dpcArquivo de configuração do Diesel Power

Diesel Power, apesar de agregar imersão, não foi aderido pela indústria de games. Então temos pouco a listar aqui, infelizmente.

Note que a adesão de Diesel Power foi protagonizada por empresas dinamarquesas, demonstrando aí um suporte nacionalista dessas empresas compatriotas da AM3D. A SIGMA reconhece e aprova tal demonstração de unidade.

Responses